Posts da Tag "escrita"

A inspiração que vem de dentro

23 dez 2018

No meu primeiro semestre da faculdade, lá no comecinho de 2016, eu escutava de todos os professores o quanto isso e aquilo agregaria ao nosso repertório. Na escola isso nunca foi a preocupação central, então estranhei no começo ouvir tantas vezes essa palavrinha. Mas realmente, agora indo para meu último ano de faculdade, eu compreendo o quanto o repertório é algo essencial. Para quem escreve, mais ainda.

A pior coisa para quem vive da escrita é o bloqueio criativo. Às vezes ele é só preguiça disfarçada, mas a gente custa a perceber. Quando isso acontece comigo, tento buscar citações que me despertem ideias. Seja na minha pastinha infinita do Pinterest, abrindo aleatoriamente meus livros ou tentando lembrar de alguma frase boa que ouvi por aí. Normalmente funciona. Mas nem sempre.

O fato é que somos feitos de referências da cabeça aos pés. Somos compostos por coisas que nos inspiram e que nos moldam, diariamente. Cada segundinho vivido é parte do nosso repertório. Não apenas os livros e as aulas da faculdade, mas também nos momentos de tédio nos quais percebemos algo novo sobre a nossa casa, nas conversas profundas ou banais que temos com alguém, nas músicas que escutamos e às vezes passamos batido em quantas coisas elas querem realmente dizer com aquelas letras, nas cenas de um filme que parece bobo, em páginas perdidas da internet, nas pessoas que passam pela janela, nos cheiros de perfume ou de comida fresquinha, nos olhares dos cachorros. E por aí vai.

Este ano tive o prazer de fazer o curso de escrita afetuosa da querida Ana Holanda, editora-chefe da Vida Simples, minha revista preferida, e ela disse que as melhores histórias estão nas coisas que mais parecem banais no nosso cotidiano. Quando acordamos, levantamos e vamos escovar os dentes, mais de dez histórias aconteceram à nossa volta. Nossas escovas de dente podem falar mais sobre a gente do que um grande evento. Das coisas mais simples  surgem nossos melhores textos. Levarei essa lição comigo sempre.

Cada vez mais eu percebo que as boas ideias podem parecer estar vindo de fora, mas elas estão vindo de dentro. De dentro dos sonhos que temos, das visões que cultivamos, dos planos, das saudades, dos desejos e de todas as nossas coisas favoritas.  Como dito em um trechinho do maravilhoso livro Roube como um artista, do Austin Kleon -um dos autores que mais admiro no ramo da criatividade:

“Você é, de fato, um mashup do que escolhe entrar na sua vida. Você é a soma das suas influências. O escritor alemão Goethe escreveu: ‘Nós somos talhados e moldados por aquilo que amamos.”

Que a gente saiba aproveitar as referências que o mundo nos dá diariamente. Agora no fim do ano elas parecem vir em dobro. E é sempre bom lembrar que elas não vem só das telas, muito pelo contrário. As melhores ideias vem do mundo real. De pessoas reais. E de tudo que você considera como parte da sua vida.


5 sites que inspiram a minha criatividade

21 jul 2017

Se tem uma coisa que eu adoro fazer, principalmente nas férias, é ficar horas navegando em sites sobre assuntos que me interessam. E ultimamente o assunto que eu mais tenho lido sobre é, obviamente, a criatividade. Sou encantada por tudo que descreve o mundo criativo que temos dentro da nossa mente. Todos os mistérios, belezas e dificuldades que estão presentes no processo criativo de cada um. Odeio quando sinto que estou tendo um bloqueio criativo, porque sou uma pessoa que fica inventando coisas na minha cabeça o tempo inteiro. E mesmo sabendo que não é impossível criar sem inspiração, também sei que é MUITO mais divertido com a presença dela. Portanto, resolvi compartilhar os sites que me deixam cheia de vontade de sair criando por aí. Vamos lá!

  • Creative Something

Por mais que não seja o mais atualizado da lista, eu tenho um carinho especial pelo Creative Something, porque foi um dos primeiros que descobri sobre o assunto. Uma das coisas que mais gosto nele é a seção Library, que contém indicações literárias maravilhosas, todas sobre criatividade. O criador, Tanner Christensen, é designer do Facebook, autor de um dos meus livros favoritos (The Creativity Challenge) e também escreve para outros sites.

  • Creative Boom

Creative Boom é uma revista online criada em 2009 e tem um conteúdo bastante rico na área de design, fotografia, arte e tudo que envolve o universo criativo. Têm também muitos posts sobre carreira e dicas sobre desenvolvimento pessoal. O site é bastante organizado e separado em vários temas interessantes.

 

  • The Creativity Post

The Creativity Post tem uma diversidade maior de temas, ou seja, tem para todos os gostos. O conteúdo dos textos é muito rico em informação, ótimo pra quem gosta de assuntos que despertam curiosidade. Além de tudo, é bastante atualizado.

  • Artsy

Artsy é essencial pra quem gosta de saber sobre galerias, museus, obras e tudo que envolve o mundo da arte. Completíssimo e cheio de informações legais, um diferencial enorme é o fato de que nele é possível criar uma conta, seguindo 0s movimentos, estilos e artistas que mais te interessam. Amo navegar por ele quando preciso de inspiração visual.

  • Follow the Colours

Para finalizar a lista, não podia faltar um site brasileiro, não é mesmo? Eu acompanho o FTC há um tempão e amo tudo o que é postado por lá. De curiosidades sobre a história das cores a indicações de ilustradores, dicas sobre criatividade e pôsteres em boa qualidade para imprimir… não falta coisa boa nesse site. Para quem está procurando conteúdo diversificado e inspirador, não tem erro.

Espero que essa lista te inspire tanto quanto me inspira diariamente. É sempre bom ter novos sites para acrescentar na lista de favoritos, e poder dar aquela explorada quando precisamos ler algo novo. Enjoy!


Comente (0)        1
Tags: , , , , , ,
Por:
Larissa

Apaixonada pelas palavras e por tudo que elas não conseguem expressar

31 jan 2017

Minhas duas coisas favoritas foram sempre muito contraditórias. Sempre fui fascinada pela escrita, pela forma com que as palavras formam frases e essas formam textos. Acho que a escrita é uma espécie de mágica, em que a gente transborda o que sente por meio das letras. Ou pelo menos tentamos. Quantas e quantas frases já foram ditas em diferentes combinações das 26 letras do alfabeto. Parando pra pensar no quanto já foi expressado por meio delas, essas letras parecem ser uma infinidade de opções.

Mas aí vem a minha outra coisa favorita, e o mais difícil de tudo é saber que ela não é passível de tal magia que descrevi. Ela não cabe na escrita. Ela não tem tradução, pode apenas ser sentida.

Sempre fui fascinada pelo amor. Gosto da complexidade que envolve a relação entre as pessoas. Gosto de profundidade, de verdade, de sentimentos expressados sem medo. Gosto de reciprocidade. Mas isso tudo não se descreve (ou talvez o coração até descreva, em forma de sorrisos ou sensações).

Reconheço minha paixão pelas palavras, mas admito que é na falta delas que se esconde o inesquecível. Quanto mais lindo for um sentimento, menos palavras achamos para descrevê-lo. As mesmas 26 letras do alfabeto agora parecem insuficientes. Mesmo usando todas elas, falta coisa pra falar. Sempre vai faltar. O que é verdadeiro é indescritível.


Comente (0)        8
Tags: , , , , ,
Por:
Larissa